Pages

Sunday, August 28, 2005

O bobo da corte

The image “http://inet.sitepac.pt/JardimDormir.jpg” cannot be displayed, because it contains errors.

Nem de propósito. Tendo em conta as últimas declarações públicas de João Jardim quase parece que os seus assessores andam a ler este blogue:

O mistério espanhol

A aleg(o)ria de Jardim

España, mi amor, mi miedo

Xenofobias económicas


Facetas psicológicas:

Jardim, o homem de direita anti-esquerda

-- a "compra (…) por um grupo (...) de esquerda" (…)

Jardim, o homem de esquerda estatista (pleonasmo)

-- O presidente do Governo Regional da Madeira acusou o Partido Socialista de proporcionar a venda (...) de sectores estratégicos como a energia, a água e a comunicação social.

Jardim, o Rei dos Populistas

-- Alberto João Jardim defendeu ontem à noite que "os espanhóis estão a tomar conta de Portugal"

Jardim, o Nacionalista Português, perdão, Madeirense

-- O presidente do PSD-Madeira (...) afirmou ainda que a Madeira não fará parte de "qualquer projecto ibérico", preferindo "seguir o seu caminho".

Jardim, a Padeira de Aljubarrota

-- “Recuso-me a ser espanhol, tenho muita honra em ser português (...)”

Jardim, o Rei dos Oximoros

-- “tenho muita honra em ser português”

-- “a Madeira (...) [prefere] seguir o seu caminho".

...

Conclusões do estudo psicológico:

1.AJJ tem problemas de comunicação verbal. Ainda não aprendeu a dizer Portugal (“Pertegal”) nem Lisboa (“Lesbâua”).

2.AJJ tem distúrbios de múltipla personalidade. Quando lhe convém diz que é português e que Portugal está a ser tomado pelos “spanhós”. Noutras ocasiões limita-se a atacar “Lesbâua” e o “Cóntnent” e a falar na superioridade do seu reino autónomo.

3.AJJ sofre de graves deficiências do foro intelectual. O seu Quociente de Inteligência aparenta ser mínimo. Quer a Madeira independente para se livrar dos espanhóis, para se livrar dos portugueses, dos chineses, dos indianos, dos ex-soviéticos, etc. Sabendo que a Madeira é uma ilha e que não é auto-suficiente, será uma estratégia inteligente falar mal de todos os estrangeiros? (incluindo, obviamente, os portugueses). Adeus, turismo. Até porque os ecos destes delírios nacional-socialistas já fazem eco do outro lado da fronteira.

4.AJJ padece de graves perturbações ideológicas. Crê-se um homem de direita mas defende o socialismo. Crê-se um homem de direita mas defende um nacionalismo (madeirense ou português?) claramente anti-liberal e xenófobo/racista. AJJ é, afinal, um homem de esquerda nacionalista ao estilo catalão. Será que AJJ também odeia os catalães? Afinal de contas são todos anti-Espanha. Ou talvez não. AJJ odeia todos os ibéricos.

5.AJJ é um bastardo insular. Digo bastardo para não ter que lhe chamar filho da puta que aproveita estes ensejos para desabafar os ódios que sente por nós (ibéricos, europeus, asiáticos, em resumo, não-madeirenses). Não lhe basta mentir sobre Portugal. Como bastardo que é, e tem o complexo de bastardo, também, à mínima coisa, desencadeia isso sobre os espanhóis, indianos, chineses e populações do leste. *

Ver a noticia original aqui:

Jardim acusa PS de vender sectores estratégicos

(via O Insurgente)

* Post Scriptum: Qualquer semelhança com declarações reais é pura coincidência.
Post a Comment