Pages

Wednesday, February 08, 2006

Sem explicação I



Em 1996, os americanos cometeram a mais horrenda das blasfémias possíveis. Representaram a figura dos deuses em que eu acredito. O tamanho da heresia é de uma incomensurabilidade tal que não devo aqui colocar qualquer imagem referente a esse assunto. É insultuoso, é ofensivo. Quando vi as imagens tive vontade de matar o seu autor. Claro que, porque respeito a liberdade, farei uma manifestação em que o avisarei de que tem a sua cabeça a prémio e de que um ataque terrorista se avizinhava como forma de vingança pelos seus actos. Se ele pode insultar a minha religião, eu também tenho a liberdade de me manifestar e mostrar a minha indignação. Infelizmente, apenas hoje tive conhecimento deste caso. Amanhã mesmo irei destruir completamente a embaixada americana em Lisboa em conjunto com os meus companheiros crentes. De seguida estamos a planear apontar umas armas à cabeça de José Sócrates para que ele decrete um boicote a todos os produtos americanos assim como a todos os produtos europeus dos países onde esta demonstração de intolerância racista extrema foi exibida. Hoje já queimámos bandeiras americanas aqui em casa. Morte aos EUA!

E estamos também à espera de que esse fascista George Bush peça desculpa por todos os pecados que a nação americana comentou ao divulgar estas sementes do mal, assim como todos os países europeus, que se irão vergar à nossa vontade quer queiram, quer não! América e Europa, vocês irão pagar por insultarem as minhas crenças!

Que Zûmvërñbørg (Louvado seja) esteja convosco.

Fim de comunicação.
Post a Comment