Pages

Friday, February 03, 2006

Aos socialistas

Que andam por aí tão orgulhosos e contentes com a política frenética de investimentos internacionais captados por Sócrates:

1. Finalmente admitem que os benefícios fiscais (ler isenção fiscal / redução de impostos) sempre geram desenvolvimento e crescimento económico?

2. Como se sentem ao saber que o dinheiro que o governo investe em parceria com empresas estrangeiras vem dos bolsos das empresas portuguesas, que não beneficiam de nenhum regime especial?

3. Tantas empresas estrangeiras. Então e os centros de decisão nacionais? Já não importam? É do interesse nacional que as empresas portuguesas sejam mais prejudicadas do que as outras pelo governo do seu próprio país?

4. Porque devem as empresas portuguesas pagar impostos que as estrangeiras não pagam? Qual é a diferença relativamente a um investimento de capital proveniente de solo português?

5. Se daqui a uns anos as companhias se vão deslocalizar, gerando desemprego, porque as devemos deixar investir agora em Portugal? Reconhece-se, portanto, que um investimento é benéfico nem que seja pontual?

6. Salários baixos afinal sempre são melhores do que salário nenhum? Então e os direitos dos trabalhadores, já não contam?

7. Se chegamos à conclusão, através dos pontos anteriores, de que devemos baixar impostos, liberalizar os mercados e desregulá-los porque se continua a dizer uma coisa e a defender outra?

8. Se os ricos é que devem pagar a crise porque é que o governo de Sócrates montou um aparato policial para segurança de Bill Gates em vez de o deter e pedir um resgate à sua mulher?
Post a Comment