Pages

Friday, October 21, 2005

J'écris ton nom

Pequim bloqueia acesso de cibernautas à Wikipedia

As autoridades chinesas bloquearam o acesso à enciclopédia livre online Wikipedia, a maior do mundo. O alerta foi dado pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF), que está preocupado com o crescente controlo que Pequim exerce sobre a Internet.
---

Há certas coisas que vejo difíceis de conjugar. Já me disseram que a China cresce porque é comunista. Já me disseram que a comunismo é a liberdade e já me disseram que a Wikipédia, à semelhança do Linux, claro, é um projecto anarco-comunista.

Ora, pergunto eu, na mais pura das dúvidas.

Se a Wikipédia é um projecto anarco-comunista e se a China é um país livre (porque, afinal, até cresce por ser comunista) o que explica esta notícia? Não, não me diga, caro seguidor das doutrinas colectivistas, eu já sei. Afinal, a China já não é comunista porque se vendeu ao capital. A China agora é um país de desigualdade social porque se vendeu aos "interesses financeiros" e já não é livre! Eu bem sabia que aquelas purgas maoístas e o Livro Vermelho eram só para enganar. Eles eram capitalistas infiltrados, não são comunistas verdadeiros. Vocês não defendem esse comunismo do capitalismo estatal, que é totalmente contra a liberdade! Por isso se explica que eles sejam tão fascistas e proíbam o projecto da Wikipédia que é anarco-comunista!

Mas fica uma dúvida. Sendo os fascistas a favor de um controlo económico, como podem ser capitalistas? Ora bem, não me diga senhor colectivista, eu já sei. A distribuição da riqueza é necessária para balancear os efeitos da economia de mercado, que é obviamente injusta para com as classes desfavorecidas, não é verdade? É por isso que o senhor colectivista tanto aprecia essas medidas fascistas, salvo seja, claro.

Mas porquê proibir a Wikipédia, então? Espere, espere. Já sei, a Wikipédia está inundada de forças reaccionárias devido ao "excesso de liberdade", é por isso que se devia estabelecer uma autoridade para regular e fazer uma distribuição das tarefas, de acordo com a população!

Conclusões preliminares:

- A China é um país comunista mas não é.

- A China é um país livre (porque é comunista) mas não é (porque é capitalista).

- A China cresce (porque é comunista) mas não cresce (porque é capitalista).

- A Wikipédia é livre (porque é anarco-comunista) mas, afinal, não devia ser.

- A Wikipédia é anarco-comunista mas não é.

Conclusão comunista final:

- O governo chinês faz bem em proibir a Wikipédia em nome da preservação da liberdade.
Post a Comment