Pages

Wednesday, March 15, 2006

Ideias para a causa progressista

- Sugerir a paridade sexual para os nascimentos de futuros cidadãos através de laboratórios equipados para o efeito. Se o casal desejar ter um filho que desrespeite as quotas, forçá-los a abortar a criança;

- Legalizar o aborto com o único intuito de permitir a situação no parágrafo anterior. Em todas as outras ocasiões deve ser proibido por lei. Em caso de prisão, as mulheres devem partilhar as celas com rapazes adolescentes como forma de castigo;

- Chegar à conclusão de que defender os direitos dos homossexuais já não é uma causa da moda e se tornou demasiado vulgar para além de impedir que nasçam novos contribuintes de forma natural;

- Nacionalizar a indústria de contraceptivos para propositadamente produzir materiais de qualidade duvidosa e manter uma política de preços que não responde ao real valor do mercado;

- Subsidiar o comércio de afrodisíacos;

- Promover nos canais de televisão públicos programas em que aparecem crianças entre os 0-3 anos e pais muito felizes. Se alguma coisa acontecer ao bebé da cintura para baixo, cortar a cena e voltar a gravar minutos mais tarde;

- Punir a masturbação como genocídio em massa;

- Proibir organizações feministas que eventualmente queiram reclamar a independência da mulher e essas coisas parvas que fazem com que as mulheres não queiram ter filhos;

- Instituir ordens de condecoração militar para os maiores produtores de esperma a nível nacional. Fazer o mesmo para as mulheres que consigam produzir mais de 2 óvulos por mês sem tratamentos de fertilidade;

- Desincentivar fiscalmente o aparecimento de figuras como Odete Santos na televisão;

- Impor quotas de rádio para que o léxico usado passe a incluir uma percentagem de 10% de diminutivos acabados em -(z)inho/a, -ito/a, -ucho/a, etc. de forma a estimular o instinto maternal nas mulheres;

- Criar vários ramos de cursos universitárias leccionados pela catedrática Marta Crawford de forma a criar fiscalizadores do sexo que garantam a melhor e mais saudável prática sexual - o que levará a mais probabilidades de fecundação;

- Investir na indústria de mini-saias, camisas de decote arrojado, lingerie (a cor fica ao gosto do cliente) e outros produtos do mesmo género que produzam os mesmos efeitos freudianos no sexo masculino;

- Promover o pau de Cabinda como produto nacional;

- Fazer uma OPA hostil (mas com carinho) à Pfizer;

- Aproveitar as tendências multiculturalistas e relativistas para ilegalizar os conservadores reaccionários da Igreja Católica e implementar crenças islâmicas que levem à prática saudável de costumes polígamos;

- Distribuir cópias grátis do Kama Sutra;

- Proibir emissões televisivas de telenovelas no horário nobre;

- Efectuar frequentemente cortes de electricidade na EDP;

- Proibir expressamente o canal Parlamento e tornar ilegais todos os debates políticos (incluindo o Prós & Contras) na televisão portuguesa;

- Levar a ERC a fechar todos os blogues com excepção do top+;

- Abolir a noção de propriedade privada de forma a evitar que homens ou mulheres vivam sozinhos;

- Sá Leão a PM com funções acumuladas de PR.

----

A causa progressista está sempre aberta a novas sugestões.
Post a Comment