Pages

Sunday, November 27, 2005

Sampaiadas II

Ciência: Sampaio quer urgência na articulação entre agentes
«No entender do Chefe de Estado, o país "não pode ter uma percentagem tão pequena de empresas" a investir em novas tecnologias ou em investigação ou não acolher em número suficiente cientistas ou doutorados.»

Não haverá nenhum(a) jornalista a fazer uma compilação das declarações do nosso PR? Há uns dias eram necessários "mais licenciados para estimularem, eles próprios, mais emprego." Agora são as empresas que não acolhem suficientes cientistas (licenciados)? Mas, afinal, há falta de recursos humanos (pouca oferta), ou há excesso (pouca procura)?

Há uma chance mínima de que alguém tenha, finalmente, mostrado aquelas notícias (do DN e do PD) ao PR. Estará ele, nesse caso, a querer dizer aos empresários como devem gerir as suas próprias empresas? É que isso, para além de magnífico, tem uma certa lógica já que Jorge Sampaio tem, realmente, uma participação activa em todas as empresas do país - o seu ordenado.
Post a Comment