Pages

Sunday, July 24, 2005

If the russians love their children too

Rússia lança novas zonas económicas especiais

O Governo russo pretende criar em 2006 até uma dúzia de zonas económicas especiais e parques tecnológicos para diversificar a economia, atrair investimentos e desenvolver tecnologias de produção avançadas.

O ministro do Desenvolvimento Económico e Comércio, Herman Gref, disse à televisão russa que o presidente Putin promulgou sábado a lei de criação de zonas económicas livres, que classificou como «acontecimento muito significativo».

(…)

A nova lei prevê a criação a partir de 2006 de zonas especiais industriais e de zonas especiais tecnológicas, que deverão atrair investimento russo e exterior através da concessão de benefícios fiscais e de exigências burocráticas mínimas para constituir uma empresa.

(…)

As empresas que operem nas zonas económicas especiais ficarão isentas de direitos de importação e exportação, não pagarão impostos sobre a propriedade e sobre o solo por cinco anos e terão reduções entre 14 e 26% da taxa social única.

Herman Gref adiantou que o governo russo admite aumentar os benefícios fiscais se, depois de um prazo experimental de dois ou três anos, concluir que os actuais são insuficientes.

(…)

Previu que as zonas especiais ajudarão a criar mais postos de trabalho e permitirão às regiões obter fundos para o seu desenvolvimento, indicando que numa primeira fase serão criadas cinco ou seis zonas especiais industriais e outras tantas tecnológicas, escolhidas entre as três dezenas de projectos apresentados por regiões da Rússia ao governo.

- - -

É esta a mais significativa vitória do capitalismo. A de que contra factos não há argumentos, independentemente das ideias que cada um possa ter. Não é uma questão de ideologias mas de objectividade constatável.

Quem diria que eram russos há umas décadas atrás?

Post a Comment