Pages

Friday, July 01, 2011

O homem do saco III

Para terminar esta séria de entradas (I, II), pelo menos de momento, destaco mais um notável artigo publicado no i e intitulado «O programa do governo ao milímetro. Vem aí o choque liberal». Embora seja certo que o artigo foi publicado antes da divulgação das últimas medidas do governo na Assembleia da República, não deixa de ser admirável a dissonância cognitiva que transparece a certo ponto do texto (sublinhados meus):
Assim, paralelamente às medidas de austeridade financeira e económica – da penalizante antecipação do agravamento do IVA à simples mudança dos feriados – junta-se um recuo generalizado do Estado e uma maior responsabilização das pessoas. Para os portugueses isto significará uma pressão inédita no curto prazo sobre os seus orçamentos familiares, com aumento de impostos, agravamento dos preços (no supermercado, nos transportes, na saúde) e restrições nos serviços públicos.
Que radical que me saiu este choque liberal do governo mais ultraliberal de que há memória. Suponho que se à antecipação dos aumentos do IVA adicionarmos os cortes de 50% no subsídio de Natal, os aumentos efectivos de IRS, IRC, IMT, IMI e os novos impostos sobre mais-valias (e mais alguma coisa de que eu me tenha esquecido) descobrimos que o novo governo está infiltrado por perigosos anarcocapitalistas.

Adenda (12 de Agosto): Mais uma medida a adicionar ao grande choque liberal.
Post a Comment