Pages

Saturday, April 15, 2006

Financiar o ordenado

Como se pode obrigar alguém a pagar uma multa quando o dinheiro dessa caução serve precisamente para financiar coisas como o pagamento de multas que, na realidade, não podem ser aplicadas por estas mesmas razões? Por outras palavras, como é que uma pessoa pode ser paga com o dinheiro proveniente de multas aplicadas a si mesma e reutilizá-lo para pagar outras multas que, por sua vez, pagam o seu ordenado e que são, portanto, meramente virtuais?

Bem, não pode. Esta espécie de esquema de Ponzi em larga escala resulta porque a dívida pública existe e será paga pelas próximas gerações de contribuintes, os otários que trabalham para ser multados e não podem reaver o seu dinheiro de praticamente nenhuma forma.

No máximo dos máximos, o que alguns destes políticos vão sofrer é simplesmente uma redução do seu ordenado líquido. Será que vamos ouvir os defensores dos direitos dos trabalhadores e os representantes sindicais a reclamar contra a injustiça que com a administração está a tratar os funcionários públicos?
Post a Comment