Pages

Wednesday, August 01, 2007

A seguir nos próximos 2 meses

Faz de conta que vim ao CERN é o novo blogue de 4 intrépidos aventureiros lusitanos que decidiram singrar rumo ao famigerado Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire, local de concentração mundial de físicos de partículas e altas energias (e não só, consta que há gente decente também), situado na fronteira entre a França e a Suiça. A missão confiada a estes 4 errantes é tornada clara por aquele que é provavelmente o membro mais perigoso do grupo, o qual, em prévio registo, declarava relativamente ao LHC:
Ora bem, agora entra a minha ideia fixe chamada "LCH co Caralho". Uma vez que quero ser físico teórico, não posso deixar que esses malucos da experimentação acabem com os meus eventuais patrocinios futuros. Por esse motivo, decidi aproveitar a minha viagem ao CERN nos próximos 2 meses para aldrabar e sabotar o maior número de experiências que puder. Estava a pensar rebentar com o LHC mas penso que seja uma tarefa difícil. Assim sendo pensei numa alternativa mais infantil, mas ainda assim eficaz. Cortar os cabos onde os dados são transferidos. Claro que eles simplesmente iriam substituir os cabos estragados, mas ai eu voltava a cortá-los. Em dois meses posso cortar muito cabo. Outra ideia que tive foi a de sacrificar-me. Ia lá pa baixo pás salas com um indice de radiação fodido. Depois voltava cá pa cima, e antes de morrer dizia aos gajos que tinha apanhado akilo no jardim. Publicava isso na net e podia ser que por pressão internacional, até se descobrir a causa de morte, eles cancelassem as experiencias todas.
Boa sorte a todos. E tentem não fazer muitos mais estragos.
Post a Comment