Pages

Wednesday, November 24, 2010

a precaridade da função pública e tal

A propósito da greve de hoje:
Já cruzando dados sobre salários por qualificação na função pública e no sector privado, a conclusão é que em média quem não trabalha para o Estado fica a perder: em média os salários privados rondam os 1008 euros, em comparação com a média de 1045 euros dos perto de 330 mil trabalhadores incluídos no sector da administração pública, defesa e segurança social obrigatória.
Agora só restaria fazer comparações estado vs. sector privado para a produtividade exigida a funcionários com o mesmo salário, o risco médio de perder o emprego e as facilidades de progressão na carreira.
Post a Comment