Pages

Wednesday, January 06, 2010

*som de chicotada*

Sócrates proíbe liberdade de voto
José Sócrates impediu hoje o grupo parlamentar do PS de votar livremente os projectos do BE e do PEV sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo. A imposição da disciplina de voto ocorreu num almoço que, na residência oficial de São Bento, juntou o líder do PS, o presidente da bancada parlamentar, Francisco Assis, e os seus vice-presidentes.

Sócrates, que invocou a unidade do partido, permite apenas algumas excepções (como Miguel Vale de Almeida, deputado independente e activista gay), atribuindo a Francisco Assis a tarefa de gerir essas excepções.

Os projectos do BE e do PEV admitem que os casais do mesmo sexo possam também adoptar crianças, direito que a proposta do Governo expressamente proíbe. Já cerca de uma dezena de deputados socialistas tinham declarados querer votar a favor desse projecto.
A única coisa que é relativamente surpreendente nesta notícia é o facto de estar a ser tão destacada pelo Pravda. Talvez já tenham descoberto que há uma fatia significativa da população portuguesa que se sente atraída por governantes com tiques autoritários. Mais alguns pormenores sobre o autêntico circo que é qualquer votação deste género na Assembleia da República podem ser lidos na versão do Público.
Post a Comment